A Vermeulen & Vermeulen Reclame apoia a TU Delft na produção de um ventilador mecânico

Vermeulen e Vermeulen Reclame   |   Países Baixos

 

A Vermeulen & Vermeulen Reclame é uma agência de publicidade sediada em Nieuwkuijk, nos Países Baixos, que é ativa no campo da sinalética, inscrições, revestimentos de automóveis e gráficos de exposição desde 1996.

O empreendedor Marcel Vermeulen nunca poderia ter previsto que em 2020 seria contactado pela Universidade Técnica de Delft (TU Delft) para ajudar a produzir um ventilador mecânico na luta contra a COVID-19. E o mesmo poderia provavelmente ser dito sobre os estudantes da TU Delft que o contactaram inicialmente. Porque também eles tinham planos muito diferentes para o ano seguinte, já que tinham programado fazer um estágio no estrangeiro. Mas, à medida que o Coronavírus se foi tornando numa realidade e que foram aumentando as preocupações a nível mundial sobre uma possível escassez de ventiladores, os professores e estudantes da TU Delft decidiram lançar uma nova iniciativa para dar um bom uso aos seus estágios cancelados: Ar para Todos.

O Projeto Inspiração é um dos seus três principais projetos. Juntamente com os seus alunos, o professor Gert Smit, gestor do projeto, conseguiu rapidamente desenvolver um ventilador baseado num modelo britânico dos anos 60 que encontrou no Museu Boerhave. Este chamado ventilador East Radcliff é totalmente mecânico – por isso, não são utilizadas peças eletrónicas, o que torna relativamente fácil a sua construção e reparação.

Por ser um projeto de código aberto, os esquemas são de livre acesso para todos. A equipa optou também conscientemente por peças que estão amplamente disponíveis em todo o mundo, porque o dispositivo se destina a ajudar a ultrapassar a escassez de ventiladores em qualquer parte do mundo. No início de maio, o primeiro protótipo foi enviado para a Guatemala, onde será utilizado juntamente com os esquemas pela unidade de produção local Talleres Hernandez, para que possam aprender a fabricar o aparelho por si próprios, no seu próprio país.

Naturalmente, a equipa do Projeto Inspiração também precisava de um painel de controlo duradouro e de fácil leitura para o seu dispositivo e, por isso, em abril, recorreram a Marcel Vermeulen para os ajudar. Forneceram o seu próprio desenho, que Marcel depois ajudou a afinar, antes de produzir os painéis na sua impressora UV LEJ-640F.

.

A Roland DG LEJ-640F é uma impressora plana UV-LED de grande formato que mede 1,60 m por 3,20 m e é adequada para a impressão em materiais rígidos. Como a maioria das impressoras UV, utiliza lâmpadas LED integradas, que curam as tintas de forma instantânea para uma flexibilidade superior. Como explica Marcel, "Primeiro usamos a nossa LEJ-640F para imprimir a parte traseira dos painéis em imagem de espelho. É por isso que escolhemos trabalhar com placas transparentes de policarbonato. Depois, cortamos uma camada adesiva especial de dupla face 3M com a nossa Zünd, que aplicamos na parte traseira de cada painel."

Esta combinação de uma face invertida impressa em imagem de espelho, protegida por uma camada adesiva de dupla face 3M, produziu painéis extremamente duráveis. "Até agora, imprimimos 3 provas para a TU Delft, mas esperamos que encomendem painéis em maior quantidade em breve – embora ainda não tenhamos a certeza." As placas onde que são impressos os painéis de controlo têm 1,4 x 1 m de largura e cada painel individual mede 15,5 x 24 cm. "Posso produzir cerca de 30 numa única tiragem", diz ele.

Quanto à razão pela qual a TU Delft decidiu pedir ajuda a ele especificamente, ele não consegue responder com 100% de certeza. Mas poderá estar relacionado com o popular talk show holandês “Jinek”. É transmitido diariamente e, no início de abril, o programa foi gravado na Vermeulen & Vermeulen Reclame, no âmbito da "Brabant Mouth Mask Initiative” (Brabant Mondmaskers Initiatief). Juntamente com outros voluntários, Marcel tem vindo a produzir máscaras faciais desde meados de março. E não só as de algodão, mas também as máscaras feitas de material filtrante real.

"Não são certificadas pela CE, mas foram testadas" exclusivamente pela Universidade Técnica de Delft. A universidade ficou tão impressionada com a iniciativa que se ofereceu para testar o material. "Com muito bons resultados", diz-nos Marcel. "Este material também foi utilizado com sucesso durante a pandemia de gripe suína de 2009. Portanto, embora as nossas máscaras não sejam tecnicamente certificadas pela CE, sabemos que são perfeitamente seguras e amplamente utilizáveis."

Estas máscaras foram distribuídas gratuitamente a várias instituições de saúde regionais. Entretanto, Marcel acrescentou também uma vasta gama de novos produtos à sua loja virtual, que podem ser adquiridos por empresas e outras instituições, para tornar os seus edifícios à prova de Corona, como vários gráficos para pavimentos, painéis de instruções e viseiras, bem como ecrãs de proteção de baixo custo feitos de cartão durável – uma alternativa acessível e disponível ao acrílico.

Mas de onde vem esta motivação de produzir e distribuir máscaras gratuitas às unidades de saúde regionais, criando ao mesmo tempo todos estes novos produtos para a sua loja virtual e produzindo painéis para os ventiladores mecânicos da TU Delft? "Rapidamente se tornou claro para nós que o governo estava a ter dificuldades em fornecer material de proteção suficiente a todos. Além disso, sabia que provavelmente teríamos menos trabalho do que o habitual e que eu tinha todo o equipamento necessário para produzir os materiais aqui mesmo."

Então, ele pensou, porque não? "Acima de tudo, eu queria ajudar. E, embora as UCI (Unidades de Cuidados Intensivos) tenham feito um trabalho fantástico até agora e a pressão sobre estes departamentos tenha diminuído, o receio de uma potencial segunda vaga mantém-se. Mas, desta vez, graças à TU Delft, nós e outros países como a Guatemala podemos contar com estes ventiladores extra, se precisarmos deles. Quando muito, tempos como estes deixam bem claro que as pessoas podem adaptar-se a novas situações de forma incrivelmente rápida e que somos perfeitamente capazes de resolver problemas complexos quando estes surgem."

Fale com Roland

Na Roland, estamos aqui para o apoiar com conselhos e informações. Entre em contacto para qualquer problema ou questão através dos nossos formulários abaixo.

Responderemos o mais rapidamente possível.

A sua privacidade é importante para nós. A Roland DG usa a informação que nos disponibiliza para o informar sobre novidades relevantes para si, sobre produtos e serviços. Pode cancelar a sua subscrição destas comunicações a qualquer momento, enviando um email para dib-digitalg@rolanddg.com.
Para obter mais informação, consulte a nossa politica de privacidade.

Se prefere que não o contactemos por telefone ou por correio eletrónico, pode registar-se a qualquer momento. Processaremos os seus dados de acordo com a nossa Política de Privacidade. Mais informação.