Costaest, a criar novas tendências na produção de máscaras

Costaest   |   Italia

 

 

A situação atual levou muitas empresas a procurar novas oportunidades de negócio para sobreviver. É o caso da empresa italiana Costaest, uma empresa moderna de desenho que produz sinais, artigos promocionais e painéis retroiluminados feitos à mão e que mudou completamente a sua produção durante os últimos dois meses.

Desenvolver a Ideia

Durante os primeiros dias de quarentena, Vaccaro Fabio, o fundador desta empresa, constatou que havia uma escassez de máscaras em toda a Itália. Neste contexto, e de forma de cumprir todas as medidas de segurança, o fundador de Costaest considerou a possibilidade de criar o seu próprio modelo de máscara, tirando partido de artigos que já tinha no estúdio.

Para o primeiro protótipo, utilizou uma T-shirt de algodão e um pedaço de tecido. Este primeiro protótipo não foi personalizado, porém, depois percebeu que, graças à sua nova impressora Roland Roland VersaSTUDIO BT-12 que a empresa adquiriu imediatamente antes do confinamento, assim como aos seus conhecimentos de desenho, podia gerar uma nova oportunidade para o seu negócio com a personalização de máscaras.

Vaccaro explica, "Percebi que as máscaras, que até agora tinham sido um elemento pouco apreciado, podiam tornar-se num artigo de moda”.

Máscaras personalizadas a serem produzidas na Roland DG BT-12

Iniciar a produção

Com a impressora direta em vestuário BT-12 da Roland, a Costaest começou a personalizar máscaras de algodão com desenhos únicos. Na altura, a empresa adquiriu este equipamento de secretária para personalizar T-shirts de algodão com desenhos exclusivos, mas, devido à sua versatilidade e tamanho compacto de secretária, puderam também utilizá-la para imprimir máscaras em poucos minutos.

Atualmente, a Costaest personaliza cerca de vinte máscaras por dia e combina isto com a produção de outros artigos criados com a impressora/cortadora de grande formato TrueVIS VG2-640 da Roland. A companhia está atualmente a negociar com costureiras para aumentar a produção para cerca de cem unidades por dia.

Um foco na moda

As máscaras, feitas de 100% de algodão e personalizadas com a BT-12, tornaram-se num acessório de moda. Como Vaccaro Fabio explica, “Queremos assegurar a máxima qualidade para além do volume de produção. Estamos empenhados em criar um excelente produto feito à mão com a etiqueta 'Made in Italy'".

As máscaras estão disponíveis para venda através das suas redes sociais e estarão também no seu novo website.

A Costaest conseguiu tirar partido do seu talento em desenho da mais recente tecnologia de impressão direta para se adaptar com sucesso a esta nova situação.

É da responsabilidade do fabricante certificar as máscaras impressas, assim como o nível de proteção que oferecem, de acordo com as regulamentações locais.
O fabricante debe establecer o proceso de lavagem e esterilização. Estes processos podem desgastar a imagen impressa ou sublimada. A Roland DG não será responsável pela descoloração das imagens, nem pelos processos de produção e certificação das máscaras.
Por razões de saúde, e como prevenção de possíveis reações alérgicas, evite o contato direto da pele com o lado impresso da máscara e siga as recomendações das instituições sanitárias do seu país.

 

Contate com a Roland

Na Roland, estamos a teu lado. Apenas precisa de preencher o formulário abaixo e dizer-nos o que pretende.

Entraremos em contato consigo de imediato.

A sua privacidade é importante para nós. A Roland DG usa a informação que nos disponibiliza para o informar sobre novidades relevantes para si, sobre produtos e serviços. Pode cancelar a sua subscrição destas comunicações a qualquer momento, enviando um email para dib-digitalg@rolanddg.com.
Para obter mais informação, consulte a nossa politica de privacidade.

Se prefere que não o contactemos por telefone ou por correio eletrónico, pode registar-se a qualquer momento. Processaremos os seus dados de acordo com a nossa Política de Privacidade. Mais informação.